Como a indústria moveleira pode aumentar a produtividade com o uso de correias transportadoras certeiras

Cada vez mais, o investimento na correia transportadora correta aumenta a produção, minimiza custos e potencializa o crescimento da indústria moveleira

A indústria moveleira é o segmento dedicado à produção de móveis, mais especificamente de forma mecanizada, seja em pequena, média ou grande escala. Este setor abrange ainda a extração de matérias-primas (madeira) e a sua transformação em móveis, sendo um dos setores mais expressivos da indústria de transformação do país – tanto pela geração de empregos quanto pelos bons resultados financeiros.

Os móveis de madeira, que detêm expressiva parcela do valor total de produção do setor, são ainda segmentados em dois tipos:

Retilíneos: móveis retos, sem detalhes sofisticados. Seu processo de produção envolve poucas etapas, o que permite um fluxo contínuo de produção. Geralmente, utiliza aglomerado e MDF como matéria-prima;
Torneados: possuem maior detalhamento e sofisticação, com um processo produtivo mais complexo. Os móveis torneados têm parcela significativa destinada à exportação e à classe de renda mais elevada. Como matéria-prima, utilizam madeira maciça, podendo ser madeira de floresta nativa ou de reflorestamento.

O setor moveleiro nacional avançou muito nos últimos anos e hoje sua produtividade, em alguns segmentos, já se aproxima dos níveis internacionais, o que inclusive possibilitou um grande salto exportador desde meados da década de 90.

Fonte: MOVERGS | CGI Moveleiro | MDIC/SECEX – (Código NCM 9401 – 94019090 / 9403 – 94049090)

Para se fortalecer no mercado, o setor investe em tecnologia e desenvolvimento. Alguns itens fundamentais para uma produção sólida e com potencial para atingir o mercado interno e externo de alto padrão são a ergonomia, a padronização da produção de acordo com a ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) e o design.

Panorama do mercado moveleiro em 2016

No índice acumulado para o período entre janeiro e dezembro de 2016, o segmento moveleiro registrou queda de 11% em relação ao mesmo período do ano anterior, segundo dados da Pesquisa Industrial Mensal (PIM-PF), elaborada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No geral, a produção industrial no Brasil também apresentou queda de 6,6%, em comparação com o período anterior.

Tanto o setor industrial em geral quanto no moveleiro, em especifico, o final do ano trouxe certo otimismo. A produção de móveis no mês de dezembro cresceu 9,6% (quando comparado a novembro de 2016) e foi uma das contribuições relevantes para o crescimento do setor industrial. Já a produção industrial nacional em dezembro de 2016 cresceu 2,3% frente ao mês anterior, na série livre de influências sazonais.

Principais polos de produção moveleira no Brasil

O setor moveleiro no Brasil conta com cerca de 18,7 mil empresas, que empregam mais de 325 mil pessoas. No total, sua participação na indústria nacional fica em torno de 2%. Em termos de produção, a maior sazonalidade ocorre no 4º trimestre, já que o consumo nos últimos meses do ano é impulsionado pelo recebimento do 13º salário. Por isso a produção é maior nos meses de outubro e novembro.

As regiões Sul e Sudeste concentram 80% do número de empreendimentos da movelaria, com 83% dos empregados do setor e 73% do faturamento da indústria nacional de móveis. Também é na região Sul que está o maior número de empresas exportadoras, especialmente no Rio Grande do Sul. O estado possui 13,3% das empresas nacionais, que respondem a 18,4% do total de móveis fabricados no país e 31,1% das exportações.

Fonte: IEMI, Bradesco

A Indústria Moveleira e suas linhas de produção

O processo produtivo da indústria de móveis é bastante verticalizado, sendo todo o processo realizado em uma mesma fábrica. Nestes processos, o uso de correias transportadoras (ou tapetes) é fundamental para oferecer regularidade, eficiência e qualidade na fabricação.

A linha de produção de uma indústria moveleira passa basicamente pelos seguintes estágios:
• Alimentador
É onde se inicia a linha de produção ou o processo, onde a matéria-prima é inserida para alimentar o maquinário e dar início à sua produção ou tratamento.
• Lixadeira / Banda Larga
Nesta máquina, a madeira é uniformizada para ser utilizada no processo de fabricação.
• Quebra-canto
As placas de madeira passam por este estágio para acertar seus cantos, proporcionando um melhor acabamento.
• Calibradeira (Calibradora)
Aqui, as máquinas executam a calibragem e nivelamento da madeira maciça, aglomerado, compensado ou MDF.
• Linha de Pintura / Secagem UV
Depois que a madeira está tratada e cortada para seu uso na montagem chega neste estágio de acabamento, onde receberá tinta ou verniz e passará por um processo de secagem com raios ultravioleta.
• Transporte
Entre as inúmeras etapas do processo, são utilizadas correias de transporte, que deslocam a matéria-prima ou as peças já tratadas de um maquinário ao outro.

Soluções VANDERHULST para as linhas de produção da movelaria

O momento econômico é desafiador. Para buscar uma recuperação, apesar do cenário atual, a indústria deve pensar em investir em treinamento, automação dos processos e inovação, para estar pronta para a retomada do crescimento.

Em uma linha de produção automatizada, também é importante observar os problemas constantes e procurar, na medida do possível, minimizar seus impactos negativos.

Se não forem indicadas corretamente, as correias (tapetes) utilizados em todos os estágios da produção moveleira poderão apresentar problemas, tais como: desgaste precoce, desalinhamento, baixa performance em processos a vácuo, ruptura da emenda e irregularidades em sua espessura. Para cada fase do processo produtivo, a VANDERHULST oferece uma solução adequada, indicando correias específicas de alta performance, desenvolvidas e aprovadas para o setor moveleiro.

Como resultado, as correias VANDERHULST proporcionam menos paradas não programadas, reduzindo custos não previstos e aumentando, assim, a produtividade.

Vantagens das correias transportadoras VANDERHULST para as linhas de produção da movelaria

• Alta durabilidade;
• Shore de 50 A;
• Entregas em caráter de urgência;
• Assistência Técnica 24h e reparos in company;
• Controle de Qualidade;
• Correias (tapetes) desenvolvidos especificamente para cada processo;
• Customização dos furos;
• Emenda fechada vulcanizada em alta frequência;
• Equipe técnica especializada em emenda de alta performance;
• Produção de correias sob medida;
• Garantia de 6 meses na emenda;
• Garantia de 1 ano na correia.

(Visited 6 times, 1 visits today)